MASHCO-PIRO

Uma das mais isoladas tribos indígenas do planeta fez contato com pessoas de um povoado local para pedir comida, provocando um impasse na região da Amazônia peruana próxima à Bolívia.

De acordo com autoridades locais, dezenas de índios da tribo Maschco-Piro tentaram atravessar o rio Las Piedras, na região de Tambopata, para pedir comida, cordas e machetes.

Um vídeo obtido pela agência de notícias Associated Press mostra alguns indígenas dentro do rio. No entanto, eles foram desencorajados a chegar na outra margem por guardas que monitoram a região.

Isso porque se entrassem em contato com pessoas de fora da tribo eles poderiam ser contaminados, já que o sistema imunológico deles não é forte o suficiente para lidar com os tipos de germes que o restante da população carrega.

Os Maschco-Piro sempre viveram em isolamento. Essa é segunda vez que eles entram em contato com pessoas de fora da tribo desde 2011, quando eles apareceram após mais de 20 anos de isolamento.

Madeireiros e traficantes

Não se sabe exatamente por que eles tomaram essa atitude. Mas ambientalistas afirmam que eles podem estar irritados com ameaças à área demarcada onde vivem, provocadas especialmente por madeireiros e por traficantes que têm rotas na região.

O impasse foi desfeito quando os moradores enviaram uma canoa com bananas em direção aos índios.

A antropóloga Beatriz Huertas disse à Associated Press que a tribo está cada vez menos isolada e já foi vista algumas vezes migrando pela floresta em períodos de seca.

Mas ela disse ser estranho vê-los tão perto de outros moradores do outro lado do rio.

“Pode ser que eles estivessem irritados por problemas como outras pessoas tirando vantagem dos recursos de seus territórios. Pode ser esse o motivo que estavam demandando objetos e comida da população.”

“Mas a tribo não pode entrar em contato com a outra tripo porque qualquer doença pode matá-los.”

Acredita-se que haja entre 12 e 15 mil indígenas de tribos “não contabilizadas” vivendo nas florestas da região peruana.

Anúncios